CASTELENSES APOIAM CANDIDATURAS DE EDUARDO TEIXEIRA E PAULO TORRES

O Centro Cívico de Castelo do Neiva acolheu na passada quinta-feira, dia 18 de julho, centenas de castelenses na apresentação das candidaturas à Câmara Municipal de Viana do Castelo e Junta de Freguesia de Castelo do Neiva, pelo PSD, Eduardo Teixeira e Paulo Torres, respetivamente.

Eduardo Teixeira, com 41 anos de idade, Deputado na Assembleia da República e na Assembleia Municipal, é também presidente da Assembleia Municipal de Darque, vice-presidente dos Autarcas Social Democratas, entre outros cargos.

Em Castelo do Neiva, Eduardo Teixeira dizia que “estamos a falar na freguesia com a taxa de saneamento mais baixa do concelho, com apenas 11%, numa localidade do litoral, onde vive três por cento da população de Viana do Castelo e que, por isso, precisamos dar vida e criar mais condições a esta população”. Entre muitos outros assuntos, o líder distrital da social democracia sublinhou o “forte associativismo existente nesta freguesia”, bem como a importância em atrair e fixar investimentos e população.

Paulo Torres, com 37 anos de idade, é arquiteto e está atualmente a exercer o cargo de presidente da Junta de Freguesia de Castelo do Neiva, uma vez que o eleito presidente de Junta, Augusto Bandeira, suspendeu o seu mandato. Paulo Torres, além de estar a exercer o papel de presidente de Junta é também o tesoureiro daquela entidade e candidato nas próximas Eleições Autárquicas à liderança da Junta de Freguesia, pelo PSD.

“(…) Queremos dar seguimento ao trabalho realizado nestes últimos quatro anos” e “não queremos ver Castelo do Neiva associado a dívidas ou ficar para trás no desenvolvimento das freguesias”, revelou Paulo Torres na sua apresentação aos castelenses. O candidato àquela Junta de Freguesia recordou o motivo pelo qual Augusto Bandeira suspendeu o seu mandato e lembrou das promessas por cumprir da autarquia, que, por sinal, deram origem às dívidas que agora a Junta está a suportar.

No que diz respeito ao saneamento básico, Paulo Torres disse que, “é inadmissível que não houvesse, em 2009, um projeto e respetivo pedido para o alargamento da rede (…), dado que foi neste mandato que se realizou o projeto e se efetuou a candidatura para a Avenida de Moldes, de forma a ligar a rua do Rio Neiva e a Rua da Escola de Moldes”. O candidato recordou ainda outros trabalhos já realizados na freguesia, como, o embelezamento das rotundas, o apoio para a dinamização dos Caminhos de Santiago, a criação da Escola de Música de Castelo do Neiva, entre muitas obras apresentadas.