Eduardo Teixeira visitou APCVC

LANÇADA PETIÇÃO PÚBLICA PARA CRIAÇÃO DO DIA NACIONAL DA PARALISIA CEREBRAL

 

A Federação das Associações Portuguesas de Paralisia Cerebral (FAPPC) acaba de lançar uma petição pública, na sede da Associação de Paralisia Cerebral de Viana do Castelo (APCVC), em Santa Marta de Portuzelo, a pedir a criação de uma lei que estabeleça o Dia Nacional da Paralisia Cerebral, a celebrar anualmente no dia 20 de outubro e a começar já este ano. Sensibilizar todos os profissionais das áreas da saúde, da educação e segurança social para a importância do diagnóstico precoce desta condição de saúde e o respetivo acompanhamento ao longo do ciclo de vida, bem como, sensibilizar as entidades públicas e privadas para a urgência de uma maior atenção a esta condição de saúde, são apenas alguns dos objetivos deste requerimento.

O candidato à Câmara Municipal pelo PSD, Eduardo Teixeira visitou durante esta semana a sede da APCVC com a finalidade de conhecer de perto as suas dificuldades e condições. Filomena Araújo, presidente da associação apresentou as instalações e expôs quais as suas principais dificuldades e atuais condições. Durante a visita do social democrata, Filomena Araújo solicitou ainda a assinatura da petição. A presidente da APCVC sublinhou que “em Portugal, verificou-se um aumento significativo da esperança média de vida de pessoas com deficiência, enquanto que, no século XX se situava nos 20/30 anos, atualmente situa-se nos 60/70 anos”. E salientou também que “nas crianças com Paralisia Cerebral nascidas em 2001, em Portugal, verificou-se que cinco anos depois, em 2006, a prevalência era de 203 casos entre 113.246 nados vivos, o que corresponde a uma taxa de 1,79 por mil”.

A ação da FAPPC tem cobertura nacional, no território continental e nas Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores, através das suas 17 associadas – 16 Associações de Paralisia Cerebral e uma Associação Nacional de Desporto.

O Dia Nacional da Paralisia Cerebral encontra-se já instituído noutros países da Europa como, por exemplo, em Espanha.

O candidato à Câmara Municipal de Viana do Castelo, pelo PSD, junta-se a esta causa com o objetivo, sobretudo, de promover a consciencialização e informação junto da população em geral, no que diz respeito a esta condição de vida.