VIANA DO CASTELO RESPIRA RADIAÇÕES NUCLEARES

Apresentada lista para Meadela, Monserrate e Santa Maria Maior

O proprietário do Museu do Ouro, Manuel Freitas acusou no passado sábado, durante a apresentação da candidatura de Carlos Tavares, a Câmara Municipal de Viana de gostar muito de “fazer obras megalómanas, deixar nas suas placas os seus nomes mas, na verdade, eu assisto à morte da cidade de Viana do Castelo”. O empresário, referindo-se à conjuntura económica que o comércio está a atravessar, referiu que, metaforicamente falando, nos “ (…) fins-de-semana, Viana do Castelo respira radiações nucleares”. 

Manuel Freitas inculpou também o atual presidente da Câmara, José Maria Costa de ser cúmplice em tratar mal os vianenses. A descriminação dispensada a Viana no que toca ao facto de o Celta não permitir a saída ou entrada de passageiros na cidade mereceu também fortes críticas. O proprietário do Museu do Ouro denomina esta situação como “autêntica violência doméstica”. 

Estas e outras acusações ocorreram durante a apresentação da candidatura do PSD à liderança da Junta de Freguesia da cidade, da agregação de Meadela, Monserrate e Santa Maria Maior. Carlos Tavares, o atual Presidente dos Serviços Sociais do Município e Diretor do Gabinete de Estudos Distrital do PSD é o cabeça de lista. Uma campanha “assente na transparência, proximidade e com uma grande participação” é o objetivo do candidato, que alicerça a sua candidatura em cinco pilares essenciais: “ação e coesão social”; “participação cívica na construção do rumo das três freguesias”; “ambiente e sustentabilidade”; “melhoria dos serviços prestados à população”; e “materialização do projeto Contributos da União de Freguesias para a Construção da Cidade do Futuro”. 

Eduardo Teixeira, o candidato laranja à Câmara Municipal de Viana do Castelo e líder do PSD distrital, entre os vários assuntos expostos, elogiou o trabalho que Carlos Tavares tem vindo a desenvolver em prol da sua terra e ao longo da sua carreira profissional. “A sua vontade e determinação em abraçar causas e abraçar projetos”, além da sua experiência autárquica, foram as principais qualidades apontadas por Eduardo Teixeira.